Vampiros, sim senhor!

Ser folclórico que se alimenta de sangue. Visto como entes malévolos pela literatura clássica, agora viraram febre no mercado.

Não conheço Anne Rice e outros autores consagrados nesta seara. O que conheço são os livros “Crepúsculo” (outro dia falo dele) e os da minha querida Charlaine Harris.

Comprei um pocket book meio por acaso, porque gostei do desenho da capa. E virei fã da Sookie Stackhouse.

Tudo começa com “Dead until dark” (em português, “Morto até o anoitecer”). Nele conhecemos a Sookie, menina simples de Lousiana, que, por acaso, é telepata. Nossa heroína acaba se envolvendo com vampiros, que acabaram de revelar sua existência para o mundo “real” e passam a conviver com os humanos.

Nos próximos livros outros seres fantásticos aparecem e o mundo que Charlaine criou fica ainda melhor!!

Não é o que se pode chamar de “boa literatura”. Não é culto, nem faz você pensar. Charlaine Harris somente se propõe a entreter os leitores e consegue. Deliciosamente divertido.

Anúncios

4 comentários

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s