Shamatha

Não é porque você foi criado numa religião que está proibido de ter curiosidade por outras.

Acho o budismo interessantíssimo, mais pela filosofia do que pelo lado do credo. Surgiu a oportunidade de eu fazer uma aula de meditação e lá fui eu, aberta a novas experiências.

Só não imaginava quão difícil era meditar!!

O professor começou explicando que pela prática da meditação busca-se a calma da mente, afastando estados mentais prejudiciais à saúde. Um papo interessante, porém dito em voz calmíssima, com pausas e volume baixo. Começou a vir um soninho…

“Foco!”, grito – na minha mente – para mim mesma.

Depois de um pequeno alongamento, vamos à prática. Achei que o difícil seria manter o pensamento no presente, sem devanear para o passado ou futuro.

Não, difícil mesmo é ficar 25 minutos numa posição desconfortável!

Comecei com muito entusiasmo, prestando atenção na respiração.

A perna começou a dor. “Puts, e agora?”. A coluna também começou a incomodar.

“Para que faço tanta ginástica, se sento errado? Tá doendo tudo. Quanto tempo será que vai demorar? Tô irritada. O professor está falando para não se irritar. Quanto tempo falta? Ai, não posso pensar no futuro. Vamos lá, presente, presente! Respiração. Puts, tá doendo muito a perna, será que não dá para mexer? Vou abrir o olho só um pouquinho para ver se tudo mundo está indo bem. Todo mundo parado. Sou uma incompetente. O professor falou que não é para se irritar. Calma. Ai, minha perna. Vou me mexer devagar, assim ninguém percebe. Não adiantou. Droga, estou fazendo tudo errado. Respiração. Dor. Dor. Dor. Não tenho nenhum controle da mente sobre o corpo. Acabaaaaa, por favor!”

Fui um desastre.

Provavelmente dei um passo maior que a perna. Ainda não estou tão evoluída assim. Melhor começar com uma yoga ou algo do gênero.

Vexame.

Anúncios

3 comentários

  1. Tentei fazer uma aula de meditação uma vez, quando fazia acupuntura.

    Sentei no fundo da “sala”, um lugar lindo, tranquilo, confortável – velas, aquecedor, aconchego… Achei que ia ser bem fácil, afinal, é só sentar e não pensar em nada, certo?

    Sai em menos de 5 minutos e fui correndo para casa, com a certeza de que não pensar em nada é a coisa mais difícil de se fazer!

  2. Não sei se o yoga é solução, ju!!!!!
    Fui fazer uma aula teste aqui do lado de casa qdo tava procurando uma alternativa pra academia e foi o mais puro desastre!!!!!!
    Posições super desconfortáveis, saudação ao sol, ao corpo e tudo o mais que se pode imaginar, tapete todo empoeirado e o pior, uma professora que não tava nem ai!!!!
    Resultado, dores no corpo durante uma semana!!! E óbvio que não voltei até agora para fazer a matrícula!!!!!!
    Acho que sou do tipo tradicional heehhehehe
    Bjs

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s