Esteja preparado

Eu e meu marido temos como regra tentar ver todos os filmes do Woody Allen e do Almodóvar, independentemente da crítica ou do assunto tratado. Acho que esse preceito foi minha mãe que inventou, então a gente obedece.
 
Estreado o novo filme do diretor espanhol, “A pele que habito”, lá fomos nós ao cinema. Arte nem sempre precisa ser bonita, nem te deixar feliz. E Almodóvar segue com temas “tapa na cara”, cenas fortes e reveladoras do lado sombrio do ser humano.
 
Em seu 18° filme, Pedro Almodóvar conta a história do Dr. Ledgard, cirurgião plástico, que pretende produzir uma pele humana resistente a queimaduras, obsessão surgida após a morte de sua mulher. Para tanto, mantém uma cobaia humana em sua casa. Muitas reviravoltas no vai-e-vem temporal da vida dos envolvidos fazem as peças do todo irem se encaixando.


 
Não nego que é um bom filme. Porém, sendo eu uma pessoa que não tem estômago forte, senti falta de um saquinho de vômito para lidar cada novo pedaço de perversão que aparecia na tela. Não é para todos.

PS: me pergunto o que passa na cabeça dele para imaginar tanta bizarrice…

(imagem tirada do site assistir.info)

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s