“Ebola”

Na época do vestibular me vi dividida entre duas áreas bem diferentes: Direito e Genética. Muito do meu interesse pela segunda opção devia-se a uma estranha atração por epidemias, em especial pelo Ebola – vírus “da moda” naquele momento.

Não sou nada corajosa ou aventureira. Ainda assim, lia com fascínio sobre epidemiologistas no meio do nada na África, na busca pela origem da doença e formas de evitar sua propagação.

Minha curiosidade (um tanto macabra, eu diria) foi parcialmente saciada ao ler sobre a experiência do Dr. William T. Close, médico que trabalhava no Zaire quando ocorreu um dos primeiros surtos da doença fatal e desconhecida, nos anos 70. Eu gostei especialmente da descrição do avanço rápido e incontrolável dos sintomas do Ebola. Como num filme de terror, eu achava as cenas medonhas e amedrontadoras. Ainda assim, como num filme de terror, eu não pulava uma só palavrinha…

(foto por Julia A O)

Anúncios

4 comentários

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s