“Os ladrões de cisne”

Magistral.

Elizabeth Kostova escreve muito. Muito bem e longamente.

Dr. Marlow é um psiquiatra que se depara com um caso interessante: Robert Olivier, pintor conhecido em seu meio, ataca uma obra de arte na National Gallery of Art (Washington). Sua única explicação:”Fiz isso por ela”.

Se Robert Olivier é obcecado por alguém a ponto de cometer tal ato, Dr. Marlow persegue passionalmente a resposta sobre quem seria “ela”. A resposta não está nos dias atuais, mas sim na Europa da época dos pintores impressionistas.

A melhor maneira de ler este livro é do mesmo modo do tema central: obsessivamente. Para encarar as mais de 500 páginas e gostar do livro, você precisa mergulhar de tal forma na história que só horas seguidas de leitura permitem.

Ou seja, se você não se apaixonar pela história ou não conseguir ler por mais de 30 minutos, esse não é um livro recomendado para você. Se você preenche os dois requisitos, encontrará uma narrativa prodigiosa.

(foto por Cristiano Cittadino Oliveira)

Anúncios

1 comentário

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s