Tem conserto?

O filme francês “O garoto da bicicleta” recebeu excelentes críticas. Apesar de não ser minha primeira opção, resolvi assistir.

Cyril, um menino de 11 anos, abandonado por seu pai em um orfanato, não consegue aceitar que seu pai não deseja mais tê-lo em sua vida. Nem todos os indícios do abandono são suficientes para impedir Cyril de se rebelar e procurar o pai em qualquer oportunidade que tenha.

Seu caminho cruza com o da cabelereira Samantha, que acaba assumindo o papel de sua guardiã aos finais de semana. Cyril não é nada fácil de lidar, tem acessos de raiva mal direcionados e dificuldade de aceitar a rejeição. Samantha insiste, por acreditar que pode modificar a triste existência da criança.

Ainda que o filme proponha a possibilidade de redenção, eu saí deprimida, perguntando se alguém que sofre tamanha rejeição pode se tornar alguém bom. Se tantas escolhas erradas podem ser apagadas e tomar a pessoa o rumo correto.

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s