Entrevista com o autor – Antônio Carlos Pacheco

O blog serviu para eu puxar assunto com uma colega de trabalho e nessa ótima conversa descobri que o pai dela escreveu um livro muito gracinha para crianças.
Antônio Carlos Pacheco ajuda crianças com um medo comum: “Medo do escuro”. As crianças se identificarão com a estrelinha que tem medo de entrar na porta da noite por causa da escuridão. E, quem sabe, poderão perder a fobia, assim como a estrela.
1 – De onde veio a ideia de escrever um livro infantil?
Participei de um concurso de literatura infantil e consegui o 2º lugar. Animei-me e escrevi um conto (um tanto longo) que enviei a uma editora para apreciação. “Medo do escuro”, que foi publicado, era inicialmente uma das histórias que faziam parte do conto que eu remetera.
2 – Você sempre contava histórias para seus filhos dormirem?
Contava habitualmente histórias para meus filhos. Usava livros ou bonecos e fantoches que eles tinham, emprestando-lhes vozes e personalidades.
3 – A linguagem de livros infantis deve ser adequados à faixa etária a que se destinam. Essa diferença na utilização de palavras e construção de frases foi uma preocupação?
Escrevi imaginando que eu tilha um leitor mirim a me ouvir, pelo que eu devia utilizar frases e ideias que pudesse compreender.
Medo do escuro Antonio Carlos Pacheco
4 – Como foi receber o livro impresso, com as ilustrações e seu nome na capa?
Foi emocionante. Gostei muito das ilustrações, mas sequer cheguei a conhecer quem as fez.
5 – Alguma dica para escritores de histórias infantis?
Não me julgo capacitado para dar dicas. Mas, o melhor de tudo é ter sensibilidade para com a criança; respeitar o seu mundo. E sempre lhe dar esperança (sou radicalmente contra os finais infelizes!).
Anúncios

2 comentários

  1. Sou irmã do autor, p gente, o Calucho…. qdo dava aulas p cças no antigo primário indiquei essa leitura. Qdo perguntei p um dos meus alunos (idade média 7 anos) o que ele tinha achado e entendido da história a resposta foi: “eu entendi que nunca devemos ter medo daquilo que não conhecemos.. ” valeu tudo por tudo!
    Linda história, lindo irmão!!
    Claudia Pacheco

    1. Concordo com o que seu irmão disse na entrevista, que história para crianças deve ter final feliz! E se ajudá-las de alguma forma, ainda melhor.
      Obrigada pela “visita”, Cláudia.

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s