Dica do amigo (José Roberto Strang – 2)

Livro: “Sete anos no Tibet”, Heinrich Harrer + Viagem: Tibete

Por que vale a pena ler/viajar: Ao recitar como, em 1944, escapou de um campo de prisioneiros de guerra na Índia e, junto a outro fugitivo alemão, atravessou a fronteira para o Tibet e se esgueirou por vilarejos, tendas de nômades, planícies congeladas e montanhas de até 6000m de altitude até chegar a Lhasa, cidade proibida de onde fugiria novamente, sete anos mais tarde diante dos exércitos de Mao Tsé-tung, já na invejável posição de tutor pessoal do então adolescente Dalai Lama, Heinrich Harrer decerto tinha consciência de que seu relato autobiográfico levaria ao mundo a notícia de uma das mais audazes sagas do século XX. O que não deve ter imaginado, porém, é que sete décadas mais tarde “Sete Anos no Tibet” seria o melhor guia de viagem para o antigo Reino dos Budas encarnados, hoje província “autônoma” da China popular. Quem ousar desafiar as restrições impostas por Pequim para visitantes não-chineses e se aventurar na única viagem no mundo na qual simultaneamente se sobe em altura e se volta no tempo, presenciará as cenas, conhecerá os locais e se exporá a costumes descritos na obra que são ainda incrivelmente atuais, além de descobrir, com a ajuda do texto, os motivos do porquê um dia Tibet será definitivamente “Xizan”.

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s