“Kitchen”

Comecei achando graça do nome da autora japonesa: Banana Yoshimoto. Depois gostei da capa. Cheguei na sinopse e resolvi levar o livro para casa.

Kitchen Banana Yoshimoto

Foto por Júlia A. O.

A jovem Mikage, com dificuldade de superar a perda de sua avó, aproxima-se de um rapaz que trabalha na floricultura que sua avó costumava frequentar. Mikage muda-se para a casa do rapaz e sua mãe/pai transexual, apaixonada pela cozinha deles.

“Kitchen” deve ser degustado sem ansiedade. Sem esperar reviravoltas, revelações estarrecedoras, ritmo frenético. Lembre-se: é um livro oriental que caminha em ritmo diferente do que estamos acostumados. As mudanças na vida dos personagens são vagarosas. Para se gostar do livro, há de se prestar atenção nos detalhes, acalmar a mente, procurar significados nos pequenos acontecimentos da história, afastar preconceitos.

Se esta descrição não te fez sair correndo, experimente “Kitchen”.

Anúncios

5 comentários

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s