Ser você mesmo

Seja você mesmo. Todos os outros já estão tomados.“, Oscar Wilde

Seja você mesmo… E quem é você? O que te torna único?

Quando crianças, não temos consciência de nós mesmo. Quando adolescentes, nos rebelamos contra os adultos e queremos ser iguais aos amigos. E quando finalmente atingimos a idade adulta, sabemos quem nós somos.

Sabemos mesmo?

Quando é que você se olha no espelho e pensa “este(a) sou eu”?

E se vivemos mudando, com o decorrer dos anos e experiências, como definir quem nós somos?

Ok, não devemos pretender ser os outros, porque cada um é sua única pessoa. Ainda assim, muito do que nós somos é uma porcentagem de querer ser semelhante a alguém ou algum grupo ou, pelo contrário, ser o oposto de alguém. É no meio destas aproximações e distâncias que encontramos nós mesmo. E é no meio destas cópias ou rejeições que vamos e voltamos com o passar do tempo.

Ficou muito complexo? E quem disse que ser você mesmo era fácil?

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s