“The lost wife”

Não é nenhum segredo que a-d-o-r-o livros ambientados na II Guerra Mundial. Uma história de amor interrompida pela guerra? Pode ter certeza que tal sinopse me fará olhar uma segunda vez para o livro na prateleira.

the lost wife

Foto por Júlia A. O.

E assim, feliz com a escolha, comecei a ler “The lost wife”, de Alyson Richman. Josef e Lenka apaixonam-se e casam-se pouco antes dos alemães chegarem à Praga. Com o avanço das tropas de Hitler, o casal se vê separado. Josef acredita que Lenka morreu e é forçado a reconstruir sua vida nos Estados Unidos. Só que Lenka sobreviveu em Terezín, gueto judeu formado pelos nazistas.

A história que à primeira vista me pareceu impossivelmente romântica terminou por me irritar com tantos clichês e repetições. Não é um livro tão ruim para que eu o deixasse pela metade (um pecado quase capital!), mas desinteressante ao ponto de eu não me comover com as terríveis provações que Lenka vive na Europa invadida, nem com a “força do primeiro amor”. Corri com a leitura, sem muito aproveitar.

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s