“The wheel of darkness”

Pegar uma série no meio não é uma boa ideia porque muito do personagem já foi construído nos livros anteriores e você pode ou perder algo de importante no enredo ou não estar ainda “apegado”, o que te faz um leitor mais crítico e menos permissivo.

The wheel of darkness“The wheel of darkness” é o oitavo livro da série do agente Pendergast e sua..hum..escudeira?…Constance Greene. Enquanto estudam meditação no Tibete, fugidos de tragédias pessoais, um artefato é subtraído do monastério em que estão hospedados. Os monges pedem aos dois que recuperem tal objeto, que coloca em risco toda a humanidade.

Muitos elementos interessantes estão na trama: a curiosa vida neste monastério afastado, lendas apocalípticas, perseguição em várias cidades. Só que no fim, fiquei com a sensação de que os autores Preston e Child jogaram tantos ingredientes na mesma panela, que o prato final não agrada. Um mix exagerado e personagens aos quais não me afeiçoei.

Será que os primeiros livros da série são melhores? Alguém já leu?

Anúncios

1 comentário

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s