Tipo Clara Averbuck uma década atrás

No fim da adolescência nutria um desejo secreto de ser daquelas que moram sozinhas num micro apartamento, passam o final de semana de pijama, com uma leve ressaca e escrevem profundos e maravilhosos textos no meio da melancolia. Dor d´alma refletida em palavras.

Quis a vida que eu tivesse inclinação a ser responsável e normalzinha.

Anúncios

1 comentário

  1. Eu também tinha esse desejo, mas percebi que uma vida assim não segue rotina, e quase que com vergonha, eu admito que gosto de uma rotina mínima, talvez seja traço de conformismo, não sei.

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s