“O jardim secreto de Eliza”

Kate Morton escreveu um dos meus livros prediletos de todos os tempos, “As horas distantes”. Eu amo tanto o livro que ainda não consegui escrever uma resenha sobre ele, por não saber direito como expressar o tanto que me encantou.

Com muita sede ao pote, comecei a ler “O jardim secreto de Eliza”, outro livro da escritora. Apesar da gigante expectativa, não me decepcionei – ufaaaa! Não é melhor que meu queridinho “As horas distantes”, mas é muito bom, bem escrito, envolvente, com personagens únicas. Além das frases belamente construídas… a moça tem o dom.

O meu problema com o livro foi o momento de leitura: fim da gravidez, ansiosa; cuidando de um bebê recém-nascido, cansada e sem tempo. Um tanto prejudicial para uma história longa e contada bem aos pouquinhos.

Foto por Cristiano Cittadino Oliveira

Foto por Cristiano Cittadino Oliveira

Ah, e a história? O ponto de partida é com uma criança abandonada em um navio que sai da Inglaterra rumo à Austrália. Muitas personagens femininas compõe o tecido da narrativa, cujas relações vão sendo aos poucos reveladas.

Quem encarar as muitas páginas será recompensado.

Anúncios

2 comentários

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s