Filme para meninos grandes

O que a gente não faz por amor… Como eu quase sempre escolho o filme que vamos assistir, aceitei a sugestão do marido de ver “Rush – no limite da emoção”. Filme que só serviu para comprovar que eu vim ao mundo para ser mocinha (estereótipos à parte, deixem-me fazer piada).

rushRoncos de carros de fórmula 1. Ai. Competição de egos. Ai. Risco de vida/de morte. Ai. O filme é bem feito, mas pode acabar logo???

Para quem quer saber, trata-se da famosa rivalidade entre os pilotos James Hunt (bonito, desregrado, adorado) e Nikki Lauda (certinho, sem graça, obstinado).

Quer fazer bonito para o companheiro? Leve-o para se divertir com “Rush” e ganhe pontos. Melhor do que ter de assistir a Animal Planet.

Anúncios

1 comentário

  1. Eu tenho que confessar que, apesar de não achar graça em corridas de carro, gostei bem do filme. Muito bem feito e interpretado, é um retrato fiel desses anos “românticos” e sem a ditadura do “politicamente correto”

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s