O que estou lendo no momento

“Mas, passando em revista a soma imprevisível de coincidências e os jogos do acaso que me levaram a estar sentado à beira-mar, naquela tarde de novembro, junto de um indivíduo que me exigia uma resposta que me ultrapassava, só podia chegar a uma conclusão: o homem que amava os cachorros, a sua história e eu, andávamos a nos perseguir pelo mundo, como astros cuja órbitas estão destinadas a se cruzar e provocar uma explosão.”

O homem que amava os cachorros, Leonardo Padurra, Ed. Boitempo Editorial, pág. 205

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s