Terrorista ou vítima?

“O homem mais procurado” começa com uma informação sobre a célula terrorista de Hamburgo, que teve relação com os ataques de 11 de setembro. “Célula de Hamburgo”? Nunca ouvi falar. E não dava para começar o filme com uma dúvida tão grande.

homem procuradoEntão, a Sra. Wikipédia salvou a mim e ao meu marido, que descobrimos que na cidade alemã de Hamburgo morou o líder dos ataques, que em seu apartamento recebeu dezenas de homens envolvidos com a Al-Qaeda. De posse da informação, voltamos ao filme estrelado por Phillip Seymour Hoffman (incrível), Rachel McAdams (passável) e Grigoriy Dobrygin (muito bom).

E que filme!

Um imigrante checheno chega a Hamburgo. Com o corpo em flagelos, é ajudado por uma família muçulmana. Ele busca uma herança deixada por seu pai. A dificuldade de se identificar suas verdadeiras intenções levanta uma bandeira vermelha no radar do serviço alemão de inteligência secreta. E também aos olhos dos americanos, que se intrometem na investigação. Para complicar, uma advogada de direitos humanos passa a ajudar Issa, o imigrante que não se sabe ser terrorista ou um pobre coitado.

Suspense de espionagem dos bons. Com um final que te deixa chocado.

 

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s