Matemática da guerra

jogo imitacaoEstou bem atrasada nos filmes do Oscar. Meu queridinho é “O grande hotel Budapeste”. E agora assisti a outro dos concorrentes que é muito, muito, muito bom: “O jogo da imitação”.

Baseado em fatos reais, Benedict Cumberbatch é Alan Turing, prodígio da matemática que foi recrutado pelo serviço de inteligência britânico para “quebrar” o código usado pelos alemães para suas principais comunicações. Como todo gênio, tinha dificuldade de relacionamento e era bem excêntrico. Para piorar o cenário de sua vida pessoal, o coitado tinha de esconder sua homossexualidade, considerada como crime nas décadas de 40-60.

Benedict está excelente no papel e a história é muito bem conduzida, tratando tanto do jogo da guerra, de matemática, da questão da homossexualidade, tudo de forma competente, intrigante e muitas vezes divertida.

Um forte competidor pelo prêmio!

Anúncios

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s