“Em um bosque muito escuro”

De novo eu sofri do mal de ter lido muitos livros de suspenses nesta vida… Alguém me ajuda a encontrar um suspense/policial que me surpreenda?

Com “Em um bosque muito escuro”, de Ruth Ware, me aconteceu a mesma coisa que quando li “O livro dos espelhos“: a história me prendeu até certo ponto quando eu percebi muito do que viria a acontecer e todo o suspense se esvaiu…

bosque escuro

Assim, vou dar o mesmo conselho: se você não lê muito, eu recomendo, é uma boa história. Para quem já tem uma bela bagagem, talvez não seja a melhor opção.

O livro começa arrastado e pensei em deixar de lado.

Leonora é uma reclusa escritora que aceita participar da comemoração de despedida de solteira de uma amiga de infância. Poucas pessoas aceitam o convite e elas partem para uma reclusa casa de vidro, no meio de um bosque.

A história segue devagar e desinteressante até Leonora acordar na cama de um hospital, toda machucada, com a certeza de que alguém foi assassinado – só que ela não se lembra de quem foi morto e de quem teria sido o agressor. Que pode até mesmo ter sido ela!

Nesta parte o livro fica interessante e o fato da narradora ser pouco confiável, com sua falta de memória, torna o suspense viciante.

Pena que eu logo percebi quem poderia ser o único personagem por trás do acidente a permitir que Ruth Ware nos apresentasse uma reviravolta…

 

 

O que você acha? Deixe uma resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s