blog

Feliz aniversário de 4 anos, blog!

Blog, parabéns por seus quatros anos!!!

Foto por Júlia A. O.

Foto por Júlia A. O.

Como eu já sabia que hoje seria MUITO corrido, a festinha do blog aconteceu ontem, com direito a cupcake e compra de três livros. Minha resolução de comprar menos livros deve ceder frente a um presente de aniversário, vocês não acham?
Por acaso, foi ontem também que uma amiga (obrigada, ) me doou um livro do Jostein Gaarder, que eu adoro e que há anos não leio.
Festa antecipada, sim, mas digna desse espaço tão meu e ao mesmo tempo tão do mundo.
Como um filho.

Anúncios

“Amizade é o colchão da cama da gente”

Não basta eu colocar o link aqui. Eu TENHO que copiar a texto da Juliana, do blog Fina Flor. Porque ele é lindo demais. Porque ele fez eu querer abraçar cada um dos meus amigos. Porque ela é muito talentosa ao juntar palavras. Porque eu quero reler esse post mil vezes.

Eu acho que amizade é um evento. É uma coisa como a chuva.  A gente até sabe como a chuva acontece, sabe que tem algo a ver com pressão, ar, vento, ciclo, mas chuva é mesmo encantamento, aquela monte de água caindo do céu, enchendo tudo, molhando e deixando cheiro na terra e no asfalto. Não é sempre que paro pra prestar atenção na chuva, mas  quando paro, fico meio confusa pensando: meu deus, tá caindo água do céu! Não é incrível que caía água do céu? Eu acho incrível.

Amizade é feito chuva.  Tem algo a ver com o lugar onde você mora, quanto dinheiro você tem, que livros você lê, quem é a sua família. Tem a ver com o ano em que você nasceu. Tem a ver com condições favoráveis e ciclos. Mas se a  gente para pra pensar nada disso faz sentido. É coisa mais maluca você viver toda uma vida longe de alguém e , de repente ( não tão de repente como um passo de mágica, é um de repente mais processual), uma vida se encaixa em outra vida e uma pessoa passa ser como uma casa.
Amigo é uma casa. A gente deita no ombro na alegria e na tristeza. A gente se esconde entre os braços quando tudo pesa. A gente dança em torno do amigo pra celebrar. Amigo é pra onde a gente volta.
Eu não me canso de me deslumbrar com a amizade. É um afeto que não arde, não dói. Amizade é uma coisa macia. Amizade é o colchão da cama da gente.”

Tempo compartimentado

Uma amiga impressionou-se: “como você acha tempo para cuidar de casa, trabalho, bebê e ainda por cima do blog?”

A verdade: eu não concilio tudo, não. Abri mão de certas coisas. O que eu fiz foi dividir meu tempo de modo diferente do que eu fazia antes.

Em geral, eu escrevia meus posts à noite, diariamente, e os programava para serem publicados na manhã seguinte. No momento, após o jantar e banho, eu estou exausta e não sou abençoada pela inspiração de outrora.

Para contornar o cansaço, comecei a escrever todos os posts da semana aos domingos de manhã e os deixo programados para a semana. Não é tão gostoso como escrever um por dia, nem consigo me dedicar o tanto que gostaria. É uma boa solução para meu atual momento de vida e que me permite continuar com o blog, que tanto me dá prazer.

E vocês, blogueiros, como organizam seu tempo dedicado ao mundo virtual?

O que li de bom na net – 2

Um pouquinho das minhas andanças pelo mundo virtual:

Babando nas fotos de umas criancinhas fofas

Uma das melhores frases que já li por aí: “A mim mesma, eu dedico toda gentileza e  paciência de que sou capaz.”, da Juliana

Uma entrevista com a J. K. Rowling, sobre escrever sob pseudônimo (poxa, por que não lhe deram mais tempo de paz?)

Um apartamento de 45 metros quadrados muito lindo, em tons pastéis e boas ideias para ganhar espaço para guardar coisas

É de rolar de rir o que a coitada da livreira passa ao atender clientes sem noção

Querendo fazer festas com esses itens lindos